CRIAÇÃO DE MINHOCAS

A minhocultura é usada como um estrutura de apoio dentro da propriedade rural, através da produção de húmus para hortaliças e/ou recuperação de áreas degradadas.
A escolha do local para instalação do minhocário deve ser de preferência em áreas planas, evitando baixadas devido ao encharcamento. O tamanho deve ser proporcional às necessidades e ampliações futuras, próximo de água e da matéria prima (esterco, resíduos orgânicos e restos culturais). Esta proximidade visa facilitar e racionalizar o uso tanto do seu produto (húmus), como o seu abastecimento (esterco e água).
A construção dos canteiros de criação deve ter medidas internas de 1 metro de largura por 40 centímetros de altura e comprimento variável, as paredes do canteiro podem ser construídos de materiais diversos e os mais simples possível:
bambu ,blocos de cimento, tijolos, tábuas, placas, etc.
O piso interno pode ser de terra batida ou revestido por uma camada de cimento, devendo-se observar certa declividade para o recolhimento do chorume, outro sub-produto do minhocário.
Dentre os principais predadores, que nos obriga uma verificação diária nos canteiros, estão as formigas; as aves como galinhas, patos, gansos; ratos e sapos.
Na alimentação suplementar do canteiro de humificação são utilizados restos vegetais e frutas estragadas.

CICLO DE PRODUÇÃO DE UM CANTEIRO DE 10m2:

Atividade - tempo
1- Carregar canteiro – 4 horas
2- Introdução  – 2 horas
3- Humificação – 30/45 dias
4- Desdobra – 10 dias – 2 horas
5- Descarregar canteiro - 4 horas
6- Perda umidade  – 10 dias
7- Peneirar – 20 horas
8- Atividades diárias - 15 horas
TOTAIS  – 50/65 dias - 47 horas

PREENCHIMENTO DO CANTEIRO:
Uma vez construídos os canteiros, passamos á fase seguinte e vamos preencher com um substrato formado de matéria orgânica rica em nitrogênio, com boas proporções de celulose (capins, restos culturais, etc..) e carboidratos (açúcares).
Uma vez preenchidos os canteiros com substrato, passamos á fase seguinte, introdução das minhocas.
Diariamente controlamos a temperatura, umidade, aeração e drenagem, além do controle preventivo contra predadores.

HUMIFICAÇÃO:
Fase que se caracteriza pelo trabalho das minhocas que nos próximos 30/45 dias irão humificar o substrato colocado nos canteiros.

DESDOBRA:
Fase que se caracteriza pela separação das minhocas do húmus produzido, decorridos 45 dias da introdução das minhocas no canteiro.

Fonte:
Texto de: Jaime Roberto Rodrigues em:
TIMMERMANN,J.;ORTIZ,P.M.;RODRIGUES,J;
MARQUES,M: BECKAUSER,R.
Curso de construções alternativas, construção
da zona 1. São José do Cerrito/SC: IPAB -
Instituto de Permacultura Austro Brasileiro, 2003.

Deixe uma resposta